Monday, 21 September 2015

Campo de futebol das Salésias

Em 28 de Fevereiro de 1904, um grupo de 24 ex-alunos da Real Casa Pia de Lisboa, de onde se destacava a figura de Cosme Damião, cria, nas traseiras da Farmácia Franco, na zona de Belém, o Sport Lisboa com uma única secção, a de futebol. Nessa reunião histórica, ficaria definido que o recém-criado clube jogaria de vermelho e branco e que teria no emblema uma águia e o moto «E Pluribus Unum».

O primeiro campo de jogos foi na Quinta da Feiteira, mas os tempos eram difíceis. Devido a problemas financeiros, vários jogadores da primeira equipa abandonam o Benfica para o mais abastado Sporting, o que deu início a uma rivalidade que perdura até os dias de hoje e contribuiu para que em 1908, se desse a fusão do Sport Lisboa com o Grupo Sport Benfica, clube que tinha como prática o ciclismo, levando à origem do actual emblema (com a introdução da roda de bicicleta) e ao nome definitivo: Sport Lisboa e Benfica.

Terras do Desembargador, junto ao Convento das Freiras Salésias, em Belém [entre 1906 e 1907]
Jogo de futebol entre o Sport Lisboa (mais tarde SLB) e o CIF (Clube Internacional de Futebol)
Fotógrafo não identificado, in AML

As falhadas tentativas de reorganização do Club Lisbonense e do Grupo Estrela abriram caminho ao aparecimento no dia 8 de Dezembro de 1902 do Club Internacional de Foot-Ball, que foi o prolongamento natural do Grupo dos Pinto Basto e do Foot-Ball Club Swits.

O inicio da prática de futebol em Portugal está indelevelmente ligado ao CIF. As primeiras bolas de futebol trazidas para Portugal, os primeiros “grupos” (equipas) de praticantes, as primeiras regras oficiais do desporto, as primeiras ligas e associações de clubes resultaram de intervenção directa do CIF ou de membros fundadores e directores do Clube.

No comments:

Post a Comment

Web Analytics