Friday, 24 July 2015

Café Royal

O afamado Royal, fundado em 1906), era frequentado por alguma da elite intelectual portuguesa; por ali passaram figuras como o pintor Columbano Bordalo Pinheiro ou o escritor Fernando Pessoa, entre outras.
«No predio que torneja da praça dos Remolares [Pç. Duque de Terceira] para a rua do Alecrim. encontra-se o modernissimo café Royal, no 1.º andar do qual predio existiu, em 1854, o restaurant de João da Matta, o mais espirituoso theorico da gastronomia portugueza, aquelle cujos divinos pitéus excitavam o paladar da aristocracia do garfo.»
(in Serões:revista mensal illustrada, Ferreira & Oliviera, 1909, p. 366)
Praça Duque da Terceira, [c. 1910]
Alberto Carlos Lima,  in A.M.L.

2 comments:

  1. Na subida para a R. Alecrim o futuro Hotel Bragança?

    ReplyDelete
  2. Sim, no nº. 12. Começou por ser uma pensão familiar. em 1912, e só mais tarde pode exibir essa designação depois de obtida a autorização da Casa de Bragança, proprietária do prédio.

    ReplyDelete

Web Analytics