Wednesday, 15 July 2015

Palacete nas Avenidas de Berna e da República

Em 1908 a Companhia de Crédito Edificadora Portuguesa pedia autorização à Câmara de Lisboa para construir uma casa para habitação no terreno de Amélia Augusta Pereira Leite, apresentando o projecto assinado por Manuel Joaquim Norte Júnior. O edifício, concluído em finais de 1909, era referido na imprensa especializada como "a mais importante" obra que então se havia edificado em Lisboa (Mendonça: 1910, p. 9)


Nele, o arquitecto deu efectivo significativo ao termo ecletismo congregando influências beauxartianas, Arte Nova, apontamentos de gosto neo-medieval da tipologia Casa Portuguesa e reinterpretando até as ordens clássicas, sendo possivelmente o mais grandioso programa habitacional que Norte Júnior desenhou na capital.

Avenida de Berna, 1-1A [post. 1933]
Esquina com a Avenida da República, 77
Inspecção Geral das Indústrias e Comércio Agrícola
Estúdio Horácio Novais, in A.M.L.

De planta irregular em forma de duplo L e volumetria complexa, este edifício de gaveto desenvolve-se em quatro pisos (cave, r/c, 1º andar e sótão), destacando-se, no vértice da fachada, um torreão de secção circular, com cúpula bolbosa revestida a ardósia.
O acesso ao edifício localiza-se no topo de uma escada abrigada sob loggia de três arcos, no braço menos extenso da fachada, virado à Avenida de Berna [vd. 2ª foto].

Avenida de Berna, 1-1A [post. 1908]
o acesso ao edifício localiza-se no topo de uma escada abrigada sob loggia de três arcos
Paulo Guedes, in A.M.L.

O ecletismo patente na linguagem arquitectónica e decorativa desta construção associa uma gramática Arte Nova, evidenciada no amplo janelão de vitral representando motivos florais, que se repetem em reboco e cantaria ao longo da fachada, com soluções de carácter mais classicista, nomeadamente o recurso a frontões triangulares e ao arco pleno no remate dos vãos, a profusão de elementos decorativos, que combinam volutas, jarrões e aletas, assim como as pilastras almofadadas, que definem a alternância dos planos da fachada, decoradas por motivos vegetalistas e concheados.

Avenida de Berna, 1-1A [post. 1908]
Esquina com a Avenida da República, 77
Paulo Guedes, in A.M.L.

Em 1933, a casa foi adquirida em hasta pública, e quatro anos depois o espaço era alocado para instalar a Inspecção Geral das Indústrias e Comércio Agrícolas [vd. 1ª foto], que aí esteve sedeado até meados dos anos 80. Depois da sua saída, o edifício ficou devoluto, e em 1999 sofreu obras de recuperação para a instalação da sede da EMEL, que aí funcionou até 2013. [IGESPAR, 2015]

No comments:

Post a Comment

Web Analytics