segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Café Londres

Praça Duque da Terceira, 21-23

 
Muito frequentado por estrangeiros e homens de letras, o poeta Camilo Pessanha, entre outros. Neste prédio existiu o famoso Hotel Central, imortalizado por Eça de Queiroz em «Os Maias» e onde terá jantado Júlio Verne em 1878.

Praça Duque da Terceira, 21-23 [c. 1910]
Café Londres
Joshua Benoliel, in AML

« Até há cêrca de cinqüenta anos campeava no lugar, onde foi depois o «Londres», um «Café do Grego» [frequentado pelo poeta Bocage], já existente em 1809, e que fôra fundado por um Angiolo Canaglioti, sempre a contas com a policia politica; acabou pertencente a um António Salinas do qual ainda se lembra o proprietário da atrás citada «Casa José Bento›, que demora no sítio desde 1889.»
(ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. XIII, p. 39)

CAFÉ LONDRES Restaurante / Cais do Sodré, CARTÃO c/selo fiscal 1914

Sem comentários:

Enviar um comentário

Web Analytics