Tuesday, 29 December 2015

Antigas Portas de Benfica

Os vários edifícios construídos ao longo da circunvalação da cidade destinavam-se a albergar unidades da Guarda Fiscal que cobravam o «Real da Água», isto é, impostos sobre o consumo de vários géneros alimentares que entravam e saíam dos limites físicos da cidade.

Os Castelinhos das Portas de Benfica [1970]
[Estrada de Benfica/Estrada Militar]
Arnaldo Madureira, in AML

O nome «Real da Água» foi herdado dos impostos semelhantes que, no «Antigo Regime», eram cobrados com carácter extraordinário para fazer face a despesas de construção de aquedutos e chafarizes.
Foi esta uma das formas de financiamento da construção do Aqueduto Geral das Águas Livres e a sua cobrança prolongada em Lisboa, acabou por transformar este imposto temporário em permanente. O imposto eram particularmente pesado sobre as bebidas alcoólicas e, até à sua extinção em 1922, eram frequentes os episódios de contrabando de álcool nas barreiras da cidade.

Os Castelinhos das Portas de Benfica [1970]
Antigo posto da polícia de trânsito; Estrada de Benfica/Estrada Militar
Arnaldo Madureira, in AML

O projecto, de autor desconhecido, data de 1886. Construidas em estilo neogótico, com ameias inspiradas nos castelos medievais, as Portas de Benfica foram recentemente requalificadas e reinseridas num arranjo paisagístico que conciliou a moderna rede viária com estes últimos sobreviventes dos antigos postos da Guarda Fiscal. (cm-amadora.pt)

Os Castelinhos das Portas de Benfica [1970]
Antigo osto da polícia de trânsito; Estrada de Benfica/Estrada Militar]
Arnaldo Madureira, in AML

1 comment:

  1. An outstanding share! I've just forwarded this onto
    a friend who has been conducting a little homework on this.
    And he in fact ordered me lunch because I stumbled upon it for him...
    lol. So let me reword this.... Thank YOU for the
    meal!! But yeah, thanks for spending some time to talk about this matter here on your website.

    ReplyDelete

Web Analytics