Tuesday, 8 December 2015

Animatógrafo do Rossio

A 8 de Dezembro de 1907, o n.º 229 da Rua dos Sapateiros, velho prédio pombalino, entra no quotidiano dos lisboetas com o Animatógrafo do Rossio, único pela fachada com azulejos Arte Nova, semelhantes aos painéis decorativos comuns em padarias e leitarias. A sala tem capacidade para 226 espectadores, fora os que assistem de pé no promenoir.
 
Animatógrafo do Rossio [post. 1907]
Rua dos Sapateiros
Junto ao Arco do Bandeira funciona o Animatógrafo do Rossio, fundado em 1907, e que já foi um dia o Teatro Infantil do Rossio; é um pitoresco, hoje vulgar, salão de cinema popular para rapazes.[Araújo: 1939]
José Artur Leitão Bárcia, in AML

A sua construção orçou em dez contos de réis, o que para a época era um valor elevado. Foi considerado o primeiro cinema em Portugal com uma expressão arquitectónica qualificada incluída na chamada Arte Nova curvilínea  característica da escola franco-belga de Horta e Guimard. Apresenta três vãos destinados à bilheteira (ao centro) e duas entradas (portas laterais), todos com bandeira em vidro, onde na central, da bilheteira, pode ler-se a designação do estabelecimento: Animatógrafo do Rossio

Animatógrafo do Rossio [c. 1970] 
Rua dos Sapateiros
Armando Serôdio, in AML

Emoldurando os três vãos existe uma rica decoração vegetalista em talha pintada de cor verde, bastante volumosa e sinuosa, à semelhança de caules de plantas. Dois painéis de azulejos polícromos de Q. Queriol, subordinados ao tema da luz eléctrica, representando duas figuras femininas que seguram candeeiros, simbolizando a iluminação do do mundo  com formas ondulantes, tons suaves e esbatidos, também eles com molduras entalhadas, separam os vãos, enquanto que dois espaços destinados aos cartazes cinematográficos surgem a ladear as portas. 

Animatógrafo do Rossio [1961] 
Rua dos Sapateiros
Artur Goulart, in AML

Começou por ser o salão de cinema mais luxuoso da capital, apresentou, também, espectáculos de variedades e peças de teatro infantil, até que, a partir de 1994,passou a exibir espectáculos eróticos (peep show). O edifício onde o Animatógrafo está instalado surge inserido na Lisboa Pombalina, que está classificada como Conjunto de Interesse Público.

Animatógrafo do Rossio [1966] 
Rua dos Sapateiros
Garcia Nunes, in AML

Bibliografia
FERNANDES, João Pedro, VILELA, Joana. Lx Joga: Lisboa Como Nunca Viu, 2019.
ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. XII, p. 53, 1939.
cm-lisboa.pt.
cinemasparaiso.blogspot.pt; artenova.no.sapo.pt.

1 comment:

  1. I am actually grateful to the holder of this site who has shared this fantastic post at at this place.

    ReplyDelete

Web Analytics