Friday, 11 December 2015

Avenida de Roma, 2-2E, esquina com a Praça de Londres, 3-3E

Edifício destinado à Sociedade Industrial de Construções este remate entre a Avenida de Roma e a Praça de Londres foi desenhado pelo arquitecto Cassiano Branco, com projecto de estruturas do engenheiro Mário Rodrigues. Construído entre 1950/51.

Praça de Londres [195-] 
Edifício na Avenida de Roma, 2-2E, esquina com a Praça de Londres, 3-3E 
António Castelo Branco, in AML

Foi projectado um edifício de 7 pisos, no corpo principal, acrescido de três mais, noutro corpo, e de um piso recuado. O piso térreo foi destinado a 4 espaços comerciais distintos.
Trata-se de um edifício irónico e polémico, porque questiona a gramática da arquitectura do Estado Novo, através da profusão de elementos tradicionais da arquitectura portuguesa, numa escala deformada: varandas joaninas recreadas, chaminés algarvias muito
superiores à normalidade, tal como o telhado em «pagode chinês» e o cata-vento de ferro que suporta o pára-raios. Este edifício traduz a charneira entre o moderno e o tradicional, representando, ao fim e ao cabo, ambas as tendências arquitectónicas onde Cassiano Branco desenvolveu o seu percurso, de igual modo bem. (cm-lisboa.pt)

Praça de Londres [1973] 
Edifício na Avenida de Roma, 2-2E, esquina com a Praça de Londres, 3-3E 
Amadeu Ferrari, in AML

No comments:

Post a Comment

Web Analytics