Saturday, 8 August 2015

Cinema Império

Projectado pelo arq. Cassiano Branco em 1947, foi construído entre 1948 e 1952, traduzindo uma linguagem arquitectónica modernista. Classificado como Imóvel de Interesse Público, é um edifício com uma notável dimensão urbana, de planta rectangular e bloco único, que se impõe pelo seu volume compacto. A sua fachada principal, exibindo uma ampla estrutura envidraçada, que define a totalidade de altura da sala, articula-se com os alçados laterais através de elementos verticais coroados por esferas armilares em ferro forjado (actualmente desaparecidas). 
 
Alameda Dom Afonso Henriques, 35-35D, [1957]
Estúdio Horácio Novais,
in Biblioteca de Arte da F.C.G.. 

 No interior, o espaço encontra-se definido em torno de corredores de circulação, que fazem a ligação entre os três pisos do edifício e a sala de espectáculos. No âmbito da linguagem plástica modernista patente no edifício, merece destaque o painel cerâmico de Jorge Barradas a decorar o Restaurante-Pastelaria do piso térreo. Desactivado como cinema nos anos 80 do séc. XX, é actualmente utilizado como salão de culto religioso, estando aí instalada a Sede da Igreja Universal do Reino de Deus. [cm-lisboa.pt]

Alameda Dom Afonso Henriques, 35-35D. [1963]
Armando Serôdio, in AML

No comments:

Post a Comment

Web Analytics