terça-feira, 4 de agosto de 2015

Largo de Santa Bárbara

Era [para] os lados de Arroios, adiante do Largo de Santa Bárbara; lembrava-se vagamente que havia ali uma correnteza de casas velhas... [...] num terceiro andar [...]
«[Luísa] para não parar à porta do Paraíso com espalhafato de tipóia, apeava-se ao Largo de Santa Bárbara; e fazendo-se pequenina, cosida com a sombra das casas, apressava-se com os olhos baixos, e um vago sorriso de prazer.
in Eça de Queirós, O Primo Basílio, 1878

Largo de Santa Bárbara, [c. 1900]
Fotógrafo não identificado, in AML

Sem comentários:

Enviar um comentário

Web Analytics