Tuesday, 1 March 2016

Cinema Pathé-Imperial

O Pathé Cinema abriu ao público em 1 de Outubro de 1925 na Rua Francisco Sanches, 154, no bairro de Arroios. Era composto por 737 lugares, distribuídos por 132 nos balcões; 69 fauteils; 504 cadeiras na plateia e 8 camarotes com 4 lugares cada.
Em 1931 são feitas obras de beneficiação, nomeadamente na estrutura da sala, actualizado o equipamento e instalado um sistema que iria permitir a exibição de filmes sonoros, passando a denominar-se Imperial Cinema.
 
Cinema Imperial [1932]
Rua Francisco Sanches, 154
Em cartaz, o filme «Daddy Long Legs» estreado em Portugal no dia 6 de Janeiro de 1932 com o título «O Papá das Pernas Altas».
Fotógrafo não identificado, in Arquivo do Jornal O Século

Foi reconstruido em 1956 pelo arq.º Fernando Silva — autor do projecto do Cinema São Jorge — tendo mudado nessa altura o seu nome para Imperial Cinema. Em 1973, passa de sala de 'reprise' a 'cinema de estreia', recuperando a designação original de Pathé. Na década de 80 começou a perder público progressivamente até ter encerrado as portas em 1987. Actualmente encontra-se entaipado e ao abandono.

Cinema Pathé--Imperial [1977]
Rua Francisco Sanches, 154
Vasques, in AML

A Rua Francisco Sanches nasceu ainda no séc. XIX, através do Edital municipal de 18/12/1893 na «rua que parte da Travessa do Caracol da Penha ou Nascente da Avenida dos Anjos e que deve vir a findar na antiga Estrada de Circunvalação».{cm-lisboa.pt]
 
N.B. Francisco Sanches nasceu no início da década de cinquenta do século XVI (1550 ou 1551-1623), no território então abrangido pela diocese de Braga, tendo neste última cidade efectuado os seus primeiros estudos, após o que se ausentou com seus pais para França, onde escreveu a sua obra e exerceu a actividade de médico e professor na Universidade de Toulouse. 
Segundo Moreira de Sá, “Francisco Sanches, astrónomo, geómetra, filósofo e médico, observador infatigável da Natureza, autêntico protótipo do homem do Renascimento, legou-nos uma obra que foi o arauto da revolução filosófica dos séculos XVII e XVIII.” [+ info]
 
Cinema Pathé--Imperial [1960]
Rua Francisco Sanches, 154
Arnaldo Madureira, in AML

No comments:

Post a Comment

Web Analytics