Sunday, 20 March 2016

Avenida da República, 27-33

Após a proclamação da República (1910) a Câmara Municipal de Lisboa alterou a toponímia, substituindo os nomes das figuras públicas comprometidas com a monarquia e os topónimos de cariz religioso por outros evocativos dos ideais republicanos e esta Avenida da República é disso um exemplo claro, substituindo o topónimo do criador das Avenidas Novas em 1904 (Avenida Ressano Garcia) pela própria República.

Avenida da República, 27-33 [post. 1906]
Quarteirão entre as as avenidas Miguel Bombarda e  João Crisóstomo
Paulo Guedes, in AML

Repare-se nas magnificas mísulas que suportam as varandas da moradia ao centro. Curioso o facto da existência da farmácia — à data pharmacia — cem anos decorridos, no mesmo nº 27. O edifício — de que vê parte à esquerda — no nº 25, conhecido por «República 25» datado de 1906, foi totalmente renovado em 2011, à excepção da sua fachada que se mantém a mesma. Os outros foram demolidos.

4 comments:

  1. Muito interessante conhecer o que foi Lisboa, outrora.

    ReplyDelete
  2. Conheci Lisboa Antiga... pois nasci nela.

    ReplyDelete
  3. Salvo erro, é o quarteirão entre a Av. Miguel Bombarda e a Av. João Crisóstomo (do lado direito de quem sobe a Av. da República), diferente do que está na legenda da fotografia...

    ReplyDelete

Web Analytics