Saturday, 20 June 2015

Praça (Largo) da Mouraria

«Para vingança dos mouros- ficou-lhe o nome» conta-nos Norberto de Araújo acerca da Mouraria, e acrescenta: «Desapareceu há anos o aspecto sórdido de «má vida», que por aí abaixo se prolongava até à grande artéria da Rua da Mouraria, onde se desafogava de «fado reles» a ignominiosa «Rua Suja» do século passado. [...] A Mouraria de hoje, afinal, a das guitarras, das facadas, das rameiras, dos pianos de botequim - já não existe [...]
(Norberto de Araújo, Peregrinações em Lisboa, vol. III, pp. 61, 68 e 71)
Praça Martim Moniz, [19--]
Fotógrafo não identificado, in Arquivo Municipal de Lisboa

No comments:

Post a Comment

Web Analytics