Monday, 25 April 2016

Imagens reais do dia 25 de Abril de 1974

O capitão Salgueiro Maia desloca parte das suas tropas para o Quartel do Carmo onde está o chefe do governo, Marcelo Caetano, que acaba por se render no final do dia com apenas uma exigência: entregar as responsabilidades de governação ao General António Spínola, oficial que não pertencia ao MFA, para que «o poder não caía nas ruas». O Presidente do Conselho, que anos antes tinha sucedido a Salazar no poder, é transportado para a Madeira e daí enviado para o exílio no Brasil.

1 comment:

  1. O ’25 de Abril de 1974’,foi sem dúvida, o ‘renascer da esperança’, que veiculou para a Nação Lusitana o estatuto de País Livre e Democrático. Vários segmentos do Povo português, lutaram com enorme coragem e abnegação - pela Liberdade e a Democracia , prisioneiras de um regime autoritário e anti- democrático - contra a ditadura instalada em ‘28 de Maio de 1926’. Coube aos ‘Capitães de Abril’, um segmento respeitável e querido para sempre do nosso povo, a missão Histórica, de nos entregarem ao nascer da ‘Aurora’, daquela data eternamente inesquecível - o indicador politico e social, que melhor mede e define a grandeza e a dignidade, de coexistência de uma Sociedade, um Estado e uma Nação - a LIBERDADE, o direito de um povo ser Livre e ‘senhor do seu destino’.
    ‘Abril’ foi, e será sempre sinónimo de ESPERANÇA,LIBERDADE,DEMOCRACIA, JUSTIÇA SOCIAL, mas é também humanismo, fraternidade, compaixão, solidariedade, Defesa dos ‘Direitos Humanos’…..
    O Capitão Salgueiro Maia, foi a 'Estrela cintilante', que foi progredindo, progredindo, desde Santarém até Lisboa - Quartel do Carmo, ultrapassando diversos obstáculos mais os 'seus Homens'. Um GRANDE Comandante, um grande e incontornável carácter de Homem e militar. Esteve sempre há altura da Honrosa Missão que foi incumbido, pelo MFA e foi do ponto de vista de estratégia militar central, nesse dia Histórico para Portugal.


    ReplyDelete

Web Analytics