Friday, 19 August 2016

Palacete da Avenida Fontes Pereira de Melo, 28

Esta Avenida Fontes Pereira de Melojá o tens notadoostenta propriedades de certo sentido aristocrático de arquitectura; lembro-te o palacete do capitalista José Maria Marques, n.° 28, arquitecto Norte Júnior (Prémio Valmor de 1925 1914) (...) [1]


Este palacetena Avenida Fontes Pereira de Melo, formando gaveto com a Rua Andrade Corvo foi construído no início do século XX, para residência de José Maria Marques, com projecto do arqº Norte Júnior. Congrega elementos barrocos, neo-românicos, neo-árabes e Arte Nova num estilo ecléctico característico da época. Congrega elementos barrocos, neo-românicos, neo-árabes e Arte Nova num estilo ecléctico característico da época. A escolha deste prémio impôs-se pela «originalidade e disposição engenhosa da fachada principal e pela exuberância da decoração».

Palacete da Avenida Fontes Pereira de Melo, 28, gaveto com a Rua Andrade Corvo [c. 1914]
Paulo Guedes, in AML

No ano de 1911 José Maria Moreira Marques, capitalista com negócios no Brasil, apresentou à Câmara de Lisboa um pedido para a construção de uma casa no seu terreno na Avenida Fontes Pereira de Melo, apresentando um projecto assinado pelo arq.º Manuel Joaquim Norte Júnior. O conjunto, que incluía sala de ginástica na cave, casa para capoeira e casa de tanques, foi construído entre 1911 e 1915, data da última licença para a edificação da marquise de ferro do jardim. O projecto foi vencedor do Prémio Valmor no ano de 1914 (erradamente esculpido na fachada com a data 1915).
Não sendo o maior palacete projectado por Norte Júnior, é seguramente o que apresenta o programa decorativo mais exuberante, embora a profusão de motivos ornamentais em nada altere o equilíbrio do projecto. A inserção num gaveto rectangular, no qual a casa ocupa apenas metade da área, denota a perícia do arquitecto como projectista, apresentando uma planimetria distinta das que nos anos imediatamente anteriores criara para edifícios congéneres nas Avenidas Novas.

Palacete da Avenida Fontes Pereira de Melo, 28, gaveto com a Rua Andrade Corvo [1967]
Actual Sede do Metropolitano de Lisboa

Augusto de Jesus Fernandes, in AML

No interior, os espaços dispõem-se de forma simétrica em torno da escada e do vestíbulo, elementos centrais da casa que conferem monumentalidade ao edifício. Inclui um sumptuoso programa decorativo, com madeiras exóticas, estuques pintados e dourados, frescos, e um elevador, à época um elemento funcional de luxo. 
 Em 1950 a Câmara de Lisboa comprou aos herdeiros de José Marques o edifício, e quatro anos depois alugava o espaço ao Metropolitano de Lisboa, que o ocupa até hoje. [2]

Palacete da Avenida Fontes Pereira de Melo, 28, gaveto com a Rua Andrade Corvo [1971]
Sede do Metropolitano de Lisboa

Fotógrafo não identificado, in AML

 

[1] (ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. XIV, p. 81)

[2]](DGPC)

No comments:

Post a Comment

Web Analytics