Sunday, 31 July 2016

Palácio dos Possolos

"A Rua de Sant'Ana mostra algumas casas e casebres, de tipo pitoresco. A meio desta rua, à esquina da velha Travessa das Almas, estão ainda de pé [em 1939] os restos decrépitos do palácio dos Possolos, com suas oito varandas de setecentos, o seu portal brasonado de pátio (n.° 121), tudo a dizer ainda, no semblante de ruína perfeitahoje habitações de famílias pobríssimas, a vida solarenga de entre Lapa e Boa Morte de há duzentos anos. Pertenceu êste palácio, depois dos Possolos, ricos negociantes italianos do século XVII, aos antepassados de Gustavo de Matos Sequeira, escritor olisiponense, que hoje detém a propriedade, condenada a demolição, e que não consente restauro."
(ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. XI, p. 59, )

Palácio dos Possolos [1939]
Rua de Sant'Ana à Lapa
Neste local assenta actualmente a Av. Infante Santo
Eduardo Portugal, in AML

O topónimo original do arruamento é Rua de Sant' Ana e assim figura na planta da cidade de 1910. Conforme consta no processo 1841/50 foi acrescentada a palavra "à Lapa" por parecer da Comissão Consultiva Municipal de Toponímia na sua reunião de 19/05/1950.
A sua origem radica no culto popular a Santa Ana, muito divulgado na Lisboa antiga, como imagem catalisadora da grande devoção das mães portuguesas, padroeira do vendedores de objectos usados, das mulheres que fazem renda, das donas de casa, dos marceiros, dos torneiros, dos moços de estrebaria e fabricantes de vassouras e de especial devoção em casos de pobreza e para se encontrarem objectos perdidos. [cm-lisboa.pt]

Palácio dos Possolos [1939]
 Rua de Sant'Ana à Lapa
Portal brasonado de pátio (n.° 121)
Eduardo Portugal, in AML

1 comment:

  1. Santana á Lapa.....a rua não é a descer? que foi hoje e já não é... a Farinha Amparo

    ReplyDelete

Web Analytics