Saturday, 7 May 2016

Casa do Noviciado da Cotovia (1619-1759) [Real Colégio dos Nobres (1761-1837)] Escola Polytechnica (1837-1911)

Ao findar o século XVI, procuravam os padres da Companhia de Jesus um lugar adequado para fundar um noviciado. Depois de ponderarem as vantagens e inconvenientes de uns vinte sítios, decidiram-se pelo Monte Olivete, uma propriedade que fazia parte do dote de Fernão Teles de Meneses deixada em 1598 e que reunia as condições desejadas: «Por ser o sitio muy saudável, de boas vistas e visinho de Sam Roque e da cidade, tendo poços de agoa e lugar  largo pera casa e horta; e este lugar se chamava Monte Olivete, e por outro nome a Cotovia».

Casa do Noviciado da Cotovia (1619-1759)
Rua da Escola Politécnica, antiga Rua do Colégio dos Nobres, designação que sucedeu à de Rua Direita da Cotovia
Gravura sem data, autor: Coelho J.

Lançados os alicerces em 1603, os padres Jesuítas encarregaram o arqº Baltasar Alvares do projecto, em 1607, ficando as obras concluídas em 1616. Os primeiros noviços entraram em 1619 e ali continuou esta importante casa religiosa, com uma cerca enorme até ao Rato e Salitre, por muitos anos até à extinção da Companhia de Jesus, em 1759. Depois da expulsão, o Marquês de Pombal aproveitou o local para o Real Colégio dos Nobres. em 1761, e em 1837, a Escola Polytechnica de Lisboa.

Escola Polytechnica de Lisboa [s.d.]

A revolução liberal e a concomitante reforma do ensino - com Sá da Bandeira como Primeiro-ministro -, levou à criação de uma escola de instrução militar preparatória, a Escola Politécnica de Lisboa em 11 de Janeiro de 1837. Para valorizar o ensino daquela instituição foi-lhe anexado o Real Observatório Astronómico da Marinha e criados um gabinete de Física, um de História Natural, um Laboratório de Química e um Jardim Botânico. Com a criação das novas Universidades, passou a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, cumprindo o Plano Geral de Estudos das Faculdades de Ciências publicado em 12 de Maio de 1911.

Escola Polytechnica de Lisboa [Início séc. XX]
Rua da Escola Politécnica, antiga Rua do Colégio dos Nobres, designação que sucedeu à de Rua Direita da Cotovia
Paulo Guedes, in AML

1 comment:

  1. Parabéns pelo blog!
    Gosto imenso!
    Refiro a a propósito deste artigo que na casa dos noviciado do sítio da Cotovia funcionou também o Real Seminário da Patriarcal, que após o terramoto tinha perdido as suas instalações. Mais informações no artigo da investigadora Cristina Fernandes para o Público intitulado 'houve uma escola de música onde hoje está o museu da ciencia'
    https://www.publico.pt/2012/03/14/jornal/houve-uma-escola-de-musica-onde-hoje-esta-o-museu-de-historia-natural-24177964#&gid=1&pid=1
    Sara

    ReplyDelete

Web Analytics