Wednesday, 6 November 2019

Prédios dos Restauradores: «Ilha dos Escritórios»

Êste prédio, que encosta ao Avenida Palace, n.° 13, — recorda Norberto de Araújo — é, como um seu similar do Rossio (esquina norte da Rua do Amparo), uma verdadeira «vila», por tal sinal (e nisso também se assemelham) sem qualquer expressão moderna de confôrto e de higiene a classificá-los; nele existem 89 escritórios, e ainda, no quarto andar, uma «Pensão Restauradores». Foi a última das propriedades que José Rodrigues Sucena (Conde de Sucena por mercê de D. Luiz) adquiriu nestes sítios (1915) ; hoje pertence à Caixa Geral de Depósitos, como adeante direi [refere-se à construção do primitivo Éden Teatro].

Predios dos Restauradore  [c. 1937]
Praça dos Restauradores, 13; Hotel Avenida Palace
 Mário Novais, in F.C.G..

Bibliografia
ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. XIV, p. 18, 1939.

1 comment:

  1. No último andar deste prédio estava a 'Pensão Restauradores' que no mês da Semana Santa (anos 60) nela se hospedavam raparigas espanholas. No prédio em frente, no outro lado da Praça, podia se ver, pela manhã, as raparigas pentearem-se ao espelho do vidro das janelas ainda em roupas 'reduzidas'.
    Cumprimentos
    Valdemar Silva

    ReplyDelete

Web Analytics