Sunday, 1 September 2019

Lisboa Gymnasio Club (Lisboa Ginásio Clube)

Fundado em 4 de Novembro de 1918, o «Lisboa Ginásio Clube» depressa se transformou num alfobre de atletas.


A modesta cave da Rua Maria, 61, onde se instalara a primeira sede, depressa se mostrou acanhada demais. Dois anos depois, porém, já o «Lisboa Gymnasio Club» ocupava o edifício do antigo Teatro do Borralho (Travessa do Borralho, hoje Rua Francisco Lázaro, 4), para daí a mais algum tempo, num crescente de valorização, ser forçado a ampliar estas instalações, com o aluguer do edifício anexo que dá para a Rua dos Anjos.  O custo do imóvel e do seu recheio, condição exigida para a venda, montava a 130.000$ (c. 650€). Aprovada a operação de compra e face às compreensíveis dificuldades financeiras do Clube, foi contraído um empréstimo junto do Banco Português e Brasileiro no qual deu o seu aval Teófilo de Magalhães, à data Presidente da Assembleia Geral do Lisboa Ginásio Clube. A inauguração oficial da segunda sede teve lugar a 1 de Dezembro de 1923 com a presença do Presidente da República, Manuel Teixeira Gomes.

Lisboa Ginásio Clube [1963]
Rua dos Anjos, 63
A segunda sede do «Lisboa Ginásio Clube», fundado em 1918. A primeira sede esteve instalada na Rua Maria, 61
Armando Serôdio, in AML

A iniciativa de se fundar, em Lisboa, o «Lisboa Gymnasio Club» partiu de João de Matos Corte-Real da Câmara Mouat e de José dos Santos Cadeiras.
Deve-se ao «Lisboa Gymnasio Club» a introdução entre nós da ginástica rítmica para senhoras; cabendo-lhe também importante parcela no desenvolvimento e propaganda da ginástica educativa feminina.
Dos contactos com os melhores ginastas mundiais, nunca o «Lisboa Gymnasio Club» saiu desprestigiado; e a comprová-lo estão dezenas de saraus realizados no Coliseu dos Recreios. Também em Florença, em Roterdão e Espanha, os atletas do «Lisboa Ginásio» alcançaram posições de relevo — prestigiando o nome de Portugal. Sempre admiravelmente orientado, orgulha-se ainda o clube da sua famosa «classe maravilha» que tanto deu que falar.
Cerca de 1.400 atletas, praticando, além da Ginástica Voleibol, Basquetebol, Atletismo, Badminton, Luta, Boxe, Pesos e Halteres, Tiro ao Arco, Esgrima e Jogo do Pau, mantém presentemente [1958] o «Lisboa Ginásio Clube» em constante actividade, constante actividade, não permitindo as suas instalações que este número possa ser aumentado. Todavia, atendendo à importante dívida que o Desporto Português contraiu para com esta grande colectividade, o «Lisboa Ginásio» espera ver as suas instalações valorizadas e aumentadas dentro de pouco tempo, com a edificação de uma nova sede erguida no mesmo local onde presentemente se encontra instalado.

Edifício de gaveto onde se veio a instalar o Lisboa Gymnasio Club [1907]
Tv. do Borrralho,  hoje Rua Francisco Lázaro,  com a Rua dos Anjos
A segunda sede do «Lisboa Ginásio Clube», fundado em 1918. A primeira sede esteve instalada na Rua Maria, 61
Machado & Souza, in AML

Bibliografia
Olisipo : boletim do Grupo "Amigos de Lisboa", 1958.
lgc.pt.

1 comment:

  1. Muito bom, andei lá já nos anos oitenta e aí já os saraus eram no pavilhão Carlos Lopes. Obrigada por este artigo.

    ReplyDelete

Web Analytics