quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Igreja de São Nicolau

O templo primitivo data do séc. XIII. Totalmente destruído pelo Terramoto de 1755 foi reedificado em 1780 com traço do arq.º Reinaldo Manuel dos Santos, prolongando-se as obras até 1850. A igreja, revestida exteriormente a cantaria, encontra-se orientada a Norte e a sua fachada principal, cortada verticalmente por 6 pilastras, possui os corpos externos laterais arredondados. 

 Igreja de São Nicolau [1959]
Rua da Vitória; Rua da Prata

Armando Serôdio, in AML

No interior destacam-se: as pinturas do tecto da nave atribuídas a Pedro Alexandrino de Carvalho, representando cenas da vida de S. Nicolau e uma alegoria à Fé, Esperança e Caridade; o tecto da capela-mor, atribuído a António Manuel da Fonseca, representando a Glória de S. Nicolau; e a antiga Capela do Santíssimo, revestida de mármores, com tecto de cúpula e lanternim. Possui um núcleo museológico de arte sacra, que foi aberto em 1914. O recheio da Igreja apresenta elementos provenientes de outros conventos da cidade, nomeadamente do Convento de São Francisco da Cidade, relicários e talha dourada do Convento da Esperança, paramentos do Convento dos Lóios e do Mosteiro de Alcobaça. 
Esta igreja integra a Lisboa Pombalina, que está classificada como Conjunto de Interesse Público.

 Igreja de São Nicolau [c. 1910]
Rua da Vitória; Rua da Prata

Joshua Benoliel, in AML

Sem comentários:

Enviar um comentário

Web Analytics