Sunday, 14 March 2021

Sociedade Nacional de Belas Artes

O Dr. Barata Salgueiro, em 1882, — diz Norberto de Araújo — doou ao Município uma parcela de terreno para fundação de uma grande escola destinada a 3.000 crianças.
A Escola nunca se fêz, e a Câmara, abusivamente quanto a nós, pôs os terrenos em praça em 1903, e os chãos doados foram retalhados para edificações, escapando um pedaço que foi mais tarde cedido à Sociedade Nacional de Belas Artes [1901]. É êste onde assentou o edifício da Sociedade, com frente à Rua Barata Salgueiro, e cujo arquitecto foi Álvaro Machado. Não se construiu o edifício sem que os herdeiros de Barata Salgueiro protestassem perante os tribunais, chegando a ganhar a sua causa no Tribunal da Relação (1912).
(ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. XIV, p. 41, 1939)

Sociedade Nacional de Belas Artes |1913|
Rua Barata Salgueiro, 36
Fotografia anónima, in O occidente

No comments:

Post a Comment

Web Analytics