Sunday, 14 February 2021

Neve em Lisboa

«Lisboa já é uma cidade civilizada: até tem neve». Podia ler-se no jornal "Diário de Lisboa" em 16 de Janeiro de 1945. E continuava ... «A cidade tomou aspectos novos. De um modo geral, o transito foi diminuto. Os estabelecimentos apresentavam-se, quasi todos, com as portas fechadas, sôbre as quais se tinham colado letreiros improvisados. "Empurre". Noutros foram corridas as cortinas, que tinham sido instaladas, há meses, durante o período de defesa passiva». «O mau tempo prejudicou o serviço de "eléctricos", pois, por estar muito pessoal doente — 220 guarda-freios e condutores! — o numero de carros a funcionar tem sido menor. Verdade seja que há menos passageiros — o que, de resto, também se verifica nos comboios. É que o numero das pessoas constipadas ou com gripe ascende a muitos milhares, estando muitas de cama, ao mesmo tempo que diversos patrões têm dispensado, nestes dias maus, grande parte do pessoal. 

Neve no Campo Grande |1945-01|
Ferreira da Cunha, in AML
Neve no jardim do Campo Grande |1945-01|
Ferreira da Cunha, in AML

Hoje, foram retirados da circulação os carros abertos.» «Grupos de patinadores do "Ski Clube de Portugal", entre eles algumas senhoras, procuravam as zonas de neve mais consistente para as suas praticas desportivas. Claro que estavam longe de conseguir as imensas vertentes da Serra da Estrela, mas mesmo assim divertiram-se toda a manhã, pois o sol não logrou o degelo com facilidade.» «É caso para perguntar: Estamos no polo norte ou em Lisboa? Até as coordenadas geográficas nos trocaram!» No dia seguinte, 17 de Janeiro de 1945, a neve tinha-se dissipado na cidade de Lisboa e às 9h 30m da manhã a temperatura mínima era de 1,6º C. A mínima nacional era registada nas Penhas Douradas com -6,3ºC e a máxima em Lagos com 6,7 ºC à mesma hora. A queda de neve em Lisboa, e no resto do país, tinha começado a 12 de Janeiro, tendo-se prolongado pelos dias seguintes até 17 de Janeiro.

Neve na Praça dos Restauradores |19--|
Ferreira da Cunha, in AML
Neve na Praça do Marquês de Pombal |19--|
Ferreira da Cunha, in AML

No comments:

Post a Comment

Web Analytics