Wednesday, 1 August 2018

Santo Elói (Lóios)

Enfim: chegámos devagarinho aos Lóios — diz-nos Norberto de Araújo. Êste Largo, que não passa, afinal, de uma ‘rua larga", é hoje mais ordenado e desafogado do que o era em 1755. Nesta época já existia defronte do Convento um pequeno largo que datava de 1677, ano em que fora regulado pela Câmara a pedido dos frades. O famoso Convento de Santo Elói, com a sua Igreja, assentou aqui onde hoje se ergue o Quartel, de guarnições altas de ameias decorativas.


Largo dos Lóios, visto do poente para nascente  [c. 1940]
O prédio alto em segundo plano é o corpo do comando e habitação de oficiais da 5ª Companhia da Guarda Republicana, construido no local onde existiu a igreja do antigo Convento de Santo Elói (ou dos Lóios
Eduardo Portugal, in A.M.L.

O Convento foi um dos de mais história nos fastos religiosos e realengos de Lisboa, foi fundado por D. Domingos Jardo, décimo Bispo de Lisboa, em 1286, converteu-se, mais tarde (1442), em Casa Secular dos Cónegos de S. João Evangelista, S. Clemente e Santo Elói, vindos de S. Salvador de Vilar de Frades, os famosos frades Lóios que deram, afinal, o nome ao sítio, com as suas capas de azul-arroxeado soltas ao vento das ruas de quinhentos, ou enfileirados nas procissões esplendorosas da Lisboa piedosa.

Panorâmica de Lisboa destacando-se a Basílica Patriarcal e o Convento de Santo Elói (ou dos Lóios) «ostentando duas tôrres que se viam de quási tôda a cidade» [ant. 1755]
Gravura, in A.M.L.

A igreja era riquissima; ostentava duas tôrres que se viam de quási tôda a cidade [vd. gravura]; o Terramoto deitou tudo abaixo, destroçou, incendiou, quási pulverizou. Tratou de reedificar-se a casa conventual, mas de tal modo lentamente que em 1834, quando foram extintas as Ordens, Santo Elói não estava concluído.
Logo no ano seguinte instalou-se no edifício a 5ª Companhia de Infantaria da Guarda Municipal: onde havia celas passou a haver casernas, refeitório, e salas de oficiais, anexos foram instalados em divisões de acentuado traço de arquitectura conventual.
As indispensáveis obras de adaptação do edifício a aquartelamento, e as ampliações e beneficiações levadas a efeito em cem anos — tiraram ao actual Quartel, também de uma 5ª Companhia, da Guarda Republicana, qualquer aspecto, interior ou exterior, que de longe ou de perto, recorde  — Santo Elói.

Largo dos Lóios, visto do poente para nascente  [1968 ]
Convento de Santo Elói (ou dos Lóios); ao fundo, a Rua do Milagre de Santo António
Armando Serôdio, in A.M.L.

Bibliografia
ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. II, pp. 64-65, 1938.

No comments:

Post a Comment

Web Analytics