quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Largo do Contador-Mor

Êste Largo do Contador-Mór (no século XVI chamado "Terreiro das Casas do Governador") deriva seu nome do facto de aqui terem vivido alguns dos contadores-móres, um dos quais D. Tristão da Cunha Mendonça e Menezes. O cargo foi extinto em 1761.

Largo do Contador-Mor [ca. 1950]
Da esq. para a dir.: Palácio dos Castros; Palácio dos Condes de Vimieiro, 3-4; encimando o Largo a Casa do Contador, 5-7

Eduardo Portugal, in Arquivo Municipal Lisboa

(....) No Largo do Contador-Mór, n.ºs 3 e 4 [2ª foto], está um prédio que, num aspecto já desaparecido, teria sido o Palácio dos Condes de Vimieiro, com o seu curioso passadiço sôbre o Arco da Rua das Damas; há mais de meio século que nele funciona uma Escola Municipal, hoje [1938] oficial.

Foto 2: Largo do Contador-Mor, 3-4. [ca. 1900]
Palácio dos Condes de Vimieiro; a (belíssima) actriz italiana Monica Bellucci adquiriu, recentemente, dois apartamentos neste prédio depois de recuperado pelos arquitectos Manuel Aires Mateus e Frederico Valsassina

Fotógrafo não identificado, in Arquivo Municipal Lisboa

Repara neste outro prédio do tôpo do Largo, n.°s 5 e 7 [3ª foto], ainda de aspecto antiquado, mas simpático, na sua simplicidade, com suas janelas setecentistas, o seu amarelo característico da fachada. Não é arriscada a conjectura de nele terem vivido os contadores, ou um dêles, D. Tristão, talvêz.

Foto 3: Largo do Contador-Mor, 5-7 [ca. 1900]
Casa dos Contadores-Mores

Fotógrafo não identificado, in Arquivo Municipal Lisboa

O grande prédio que se segue [à esq. na 1ª foto], em dois corpos unidos, de fachada moderna, e com radicais transformações sôbre o primitivo, foi o Palácio dos Castros (de seis arruelas) de Boquilobo, senhores do Paúl. Um dos maiores desta família, foi D. Alvaro de Castro, governador da Casa Cível, e por isso êste largo, como te disse, foi chamado Terreiro das Casas do Governador.

E antes de chegarmos ao final desta área vou mostrar-te, Dilecto paciente companheiro, uma outra curiosidade do sítio, oculta, e que vale umas passadas. Êste prédio, n.º 18 [2º prédio à esq. na 4ª foto] do lado nascente do Largo, de medíocre aspecto, encosta-se pelas traseiras a um lanço de muralha primitiva, da Cêrca Moura, que do vértice do Castelo descia às Portas do Sol.

Foto 3: Largo do Contador-Mor [1949]
O 2º prédio à esq. no n.º 18
encosta-se pelas traseiras a um lanço de muralha primitiva, da Cêrca Moura

Eduardo Portugal, in Arquivo Municipal Lisboa

Bibliografia:
(ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. II, pp. 66-67)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Web Analytics