Sunday, 4 October 2020

Rua de Campolide

A designação Campolide é antiquíssima. O sítio de Campolide é de urbanização recente. Segundo Norberto de Araújo nas suas Peregrinações em Lisboa: “Não significa isto, porém, que Campolide não fosse povoado desde há duzentos anos, mas com carácter rústico arrabaldino – aprazível sítio –, e em aglomerados soltos, dos quais o mais assinalado se encontrava no prolongamento da estrada, agora Rua de Campolide, muito além das barreiras, sensivelmente no trôço de encosta, entre o actual edifício das Irmãzinhas e o Quartel de Caçadores 5, no local das casas de Estêvão Pinto.
No século XVIII, contido entre quintas muradas, estrada de passagem obrigatória – Campolide existia sem definição nem classificação. Algumas das suas casas, hoje de pé ou transformadas atestam quanto te digo. 

Rua de Campolide [1952]
Antiga Estr. de Campolide, antes Cruz das Almas
Nota-se ao fundo o viaduto ferroviário de Sete Rios
Judah Benoliel, in A.M.L.

Vejamos agora ...
Campolide — que significa? Qual a origem do vocábulo?
Nós não temos tempo, nem plano, para nos embrenharmos nestas complicadas dissertações etimológicas. A versão de que a palavra corresponde à abreviação de Campo-da-lide (século XIV, tempo do Cerco a Lisboa pelos castelhanos) está posta de parte. Alguns séculos antes a designação existia; já o Rei D. Afonso II (1211) possuía «duas vineas in Campolide». Parece mais acertado ficarmos na ignorância da origem da palavra, que corresponderia já no ciclo da tomada de Lisboa ao que o cruzado Osberno chamava, pela sónica, Compolet, e que seria Campolit."

Rua de Campolide [c. 1949]
Antiga Estr. de Campolide, antes Cruz das Almas
Lápide foreira datada de 1742]o.
Eduardo Portugal, in A.M.L.

Bibliografia
ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. XI, pp. 77-78, 1939.

No comments:

Post a Comment

Web Analytics