Friday, 26 February 2021

Calçada do Duque

Sobre a origem do topónimo «Calçada do Duque» e da «Rua do Duque», diz o olisipógrafo Júlio de Castilho o seguinte: 

Esta íngreme calçada teve vários nomes: o mais antigo que lhe conheço é o de calçada do Postigo do Condestável, tomado da denominação da porta que lhe ficava ao cim0, porta assim chamada em honra do fundador do próximo convento do Carmo. Depois chamou-se calçada do Postigo do Carmo; depois calçada do Postigo de S. Roque, quando àquela porta, ou postigo, deu nome a imagem de S. Roque colocada na sua parte superior. Este nome durou até 1715. [...] Entre esse ano e o de 1745 trocou-se o nome no de calçada do Duque. Esse Duque é o do Cadaval, cujo palácio existia dentro de um grande pátio na rua do Príncipe, ao Rossio, onde veio a construir-se a estação do caminho de ferro. [...] Depois do terremoto este ultimo titulo acabou. 

Calçada do Duque [1941]
Castelo de S. Jorge
Eduardo Portugal, in AML

O edital do Governo Civil de 1 de Setembro de 1859 incorporou sob a denominação de calçada do Duque a linha que principiava no Rossio e seguia á direita até S. Roque. Com os desaterros feitos para a estação do caminho de ferro tudo isso mudou. 
E houve ainda mais; o nome do Duque alastrou, depois que a Camara demoliu o palácio dele. Os habitantes da próxima rua dos Galegos requereram a mudança dessa designação para rua do Duque! Porquê não se percebe; os Galegos são uns cidadãos como os outros, e mais úteis que muitos Portugueses. Para que foi expungir o antigo letreiro? Apesar de absurdo sem razão plausível, a Câmara aprovou-o, o Governador Civil sancionou-o, e desde Maio de 1867 a rua dos Galegos é a rua do Duque. Seja assim.==

Calçada do Duque [1946]
Ao cimo, a Rua da Condessa e o antigo Palácio Aulete depois Escola Académica
Martinez Pozal, in AML

Bibliografia
CASTILHO, Júlio de, Lisboa antiga: O bairro alto de Lisboa, p. 8, 1879.

No comments:

Post a comment

Web Analytics