Friday, 23 August 2019

Theatro Moderno

O «Teatro Moderno», ampla sala de espectáculos, sito na antiga Rua de Nossa Senhora do Resgate, hoje Rua Álvaro Coutinho, foi inaugurado a 12 de Dezembro de 1907. Também designado por «Teatro dos Anjos» — a que o público chamava da «preta» — , por ser a  proprietária uma senhora de cor, aluiu parcialmente em 1918 tendo sido logo demolido
Hoje é lá um prédio de rendimento.

Theatro Moderno [c. 1907]
Rua Álvaro Coutinho, 15, na direcção da Rua Francisco Lázaro

 Joshua Benoliel, in A.M.L.
Theatro Moderno, ruínas [1918]
Rua Álvaro Coutinho, 15; ao fundo vêem-se alguns prédios na Avenida Almirante Reis

José Artur Bárcia, in A.M.L.

N.B. Na Travessa do Borralho — actual Rua Francisco Lázaro, dístico de 1924 — houve outro, depois cinema, o Cine-Teatro Salão dos Anjos comummente Teatro do Borralho, onde hoje é  o Lisboa Ginásio Clube (1923). 
Francisco Lázaro foi o primeiro desportista a ficar consagrado na toponímia de Lisboa, pelo Edital municipal de 09.12.1924, com a legenda «Pedestrianista Falecido em Estocolmo em 1912».

Rua Francisco Lázaro [1964]
Local onde funcionou o  Cine-Teatro Salão dos Anjos ou Teatro do Borralho, vendo-se os candeeiros que iluminavam a entrada; ao fundo a Rua Álvaro Coutinho no cruzamento com a Rua dos Anjos

João Goulart, in A.M.L.

Bibliografia
Olisipo: boletim do Grupo "Amigos de Lisboa", vol.13, 1950.

No comments:

Post a Comment

Web Analytics