Sunday, 27 May 2018

Calçada da Bica Pequena e Rua da Bica de Duarte Belo

A designação «Bica do Belo» — recorda-nos Norberto de Araújo — já existia no meado do século XVI (em 1554, pelo menos), como um sítio, que podia até não ser regularmente urbanizado, e se localizava à beira rio.
Um certo Duarte Belo, pessoa de situação ao que se supõe, dispunha por aqui- — Boa Vista —, em local que se chamava Portas do Pó, de umas casas e de um chão, no qual existia uma bica, mais tarde desviada uns metros para o alinhamento da Rua da Boa Vista; é a Bica dos Olhos a que adeante me referirei.

Calçada da Bica Pequena [1915]
Tem início Rua de São Paulo e termina Rua da Bica de Duarte Belo  
Travessa do Cabral
Joshua Benoliel, in AML

 Nos tempos antigos eram muito mais latas as referências toponímicas locais, fôsse onde fõsse. O certo que à vertente das encostas entre Santa Catarina e as Chagas se passou a chamar Rua da Bica do Duarte Belo, por extensão.

Calçada da Bica Pequena [1945]
Tem início Rua de São Paulo e termina Rua da Bica de Duarte Belo
 Rua dos Cordoeiros e Largo de Santo Antoninho (dir.); Ascensor da Bica 
Martinez Pozal, in AML

Êste sítio da Bica corresponde a um vale de encosta, um como que desfiladeiro, cavado mais acentuadamente, por efeito de um desmoronamento de terras das encostas laterais. Êsse cataclismo, localizado ao sítio, sucedeu às 11 da noite de 22 de Julho de 1597; foram destruídas nada menos de 110 casas, em três ruas. Precisamente vinte e cinco anos depois repetiram-se os desabamentos, mas em menor escala.

Rua da Bica do Belo [1915]
Tem início na Travessa do Cabral e termina no Largo do Calhariz (ao cimo); 
Travessa da Portuguesa
Joshua Benoliel, in AML
 _______________
Bibliografia
ARAÚJO, Norberto de, Peregrinações em Lisboa, vol. XIII, p. 67, 1939.

9 comments:

  1. Ou muito me engano ou a bica na rua da Boavista já não existe. Encontra-se outra, contudo, num logradouro da rua da Bica que me dizem ter dado o nome à rua.

    ReplyDelete
  2. A Bica dos Olhos foi recuperada depois de anos ao abandono.

    ReplyDelete
  3. Highly energetic post, I liked that bit. Will there be a part
    2?

    ReplyDelete
  4. 12. Remember, you reap what you sow.

    ReplyDelete
  5. You ought to be a part of a contest for one of the highest
    quality blogs on the internet. I most certainly will highly recommend this website!

    ReplyDelete
  6. Hi there, I enjoy reading through your article post.

    I like to wrie a little comment to support
    you.

    ReplyDelete
  7. Hi every one, here every person is sharing these know-how, therefore it's nice
    to read this web site, and Iused tto pay a visit this website all the time.

    ReplyDelete
  8. Muito bonito este Bairro Histórico de Lisboa...estou a pensar as vezes que o saudoso Fernando Farinha ( e não só),que aqui nasceu e foi menino, por elas terá passado e, interagido? Muito interessantes as fotografias,que no fundo "falam": a roupa à janela;adultos e crianças;a indumentária que nos revela como o tempo altera os costumes.
    Um abraço ao Blogue
    Manuel Paula

    ReplyDelete

Web Analytics