Wednesday, 21 March 2018

Coreto do Alto do Poço (Coreto de Carnide)

No Alto do Poço, aproveitando a própria configuração topográfica, a Rua Direita alarga-se para dar lugar a um espaço irregular alongado, espécie de terreno marginal ou lateral, onde inicialmente se realizou um pequeno mercado de produtos hortícolas e, em 1929, se construiu o coreto (cantaria, hexagonal, cobertura em ferro), dando-lhe uma fisionomia mais urbana.


A partir de fontes arquivísticas e bibliográficas, sabe-se que o topónimo Carnide já era utilizado nos finais do século XII, correspondendo, nessa altura, a uma área de herdades agrícolas, propriedade de particulares abastados e de casas religiosas de Lisboa. Uma verdadeira aldeia só terá surgido em meados do século XIII e há referências que indicam que, nos inícios do século XIV, a povoação de Carnide já tinha uma igreja dedicada a São Lourenço com o seu cemitério, uma fonte, «covas», um «rocio» e, especificamente no lugar conhecido por «Alto do Poço» (vulgo Largo do Coreto), uma Ermida dedicada ao Espírito Santo, outro cemitério, uma leprosaria (que viria a ser desactivada em meados no século XVI com a construção de um hospital na Luz) e (claro) um poço. Para o século XV há notícias de que Carnide se transformara em local de descanso da família real e de outros elementos da Corte (o que indicia a existência de casas nobres).

Coreto do Alto do Poço [1929]
Rua Neves Costa vulgo Largo do Coreto de Carnide
Fotógrafo não identificado, in Arquivo do Jornal O Século

Trabalhos arqueológicos que decorrem no Largo do Coreto de Carnide, desde os inícios de Março de 2012, no âmbito do Projecto de Requalificação do Largo do Coreto e Ruas Adjacentes, já permitiram recuperar muitos elementos da história dessa zona. Até ao momento já foram detectados:
- um poço em pedra (perto do local do coreto) aparentemente construído em época medieval com cerca de 12 metros de profundidade (estimada), cheio de água (em ano de seca!), talvez aquele que justificava o topónimo «Alto do Poço».

Coreto do Alto do Poço [1961]
Rua Neves Costa vulgo Largo do Coreto de Carnide
Arnaldo Madureira, in AML
 __________________
Bibliografia
jf-carnide.pt.

1 comment:

  1. I was wondering if you ever thought of changing the layout of your
    website? Its very well written; I love what youve got to say.
    But maybe you could a little more in the way of content so people could connect with it
    better. Youve got an awful lot of text for only having 1 or 2 pictures.
    Maybe you could space it out better?wholesale MLB jerseys

    ReplyDelete

Web Analytics