Friday, 17 November 2017

Largo das Duas Igrejas: o «Salon Bleu»

Um pormenor do Largo das Duas Igrejas, num tempo em que, utilizado como centro de cavaqueira nocturna, deu pelo nome de «Salon Bleu». Uma nota curiosíssima, a um acontecimento citadino com um epíteto de tendência galante, a que ainda se assistiu na primeira década do século XX no velhinho Largo das Duas Igrejas ou do Loreto.


«Salon Bleu» se lhe chamou. E como era bem contrastante todo o movimento, quer de peões, quer de veículos, em cujo local, todas as noites — no passeio que se alongava entre a esquina do Leitão e os degraus que dão acesso a igreja do Loreto — se reunia um grupo de caturras, aos quais animava o prazer da cavaqueira — inocente ou não, sabe-se lá! — e a que não eram estranhos, segundo constava, os comentários à situação política de então. Estava próxima a ditadura franquista. E por aí se demoravam até alta madrugada, indiferentes às fases do mostrador do relógio que se destacava duma janela do 2.° andar do prédio, em cujas lojas ainda figura o depósito das máquinas «Singer». Era ali o escritório dos agentes em Lisboa da marca Zenith

Largo do Chiado [1911]
Antigo Largo das Duas Igreja ou do Loreto; loja «Singer»; relógio «Zenith»
Joshua Benoliel, in AML

Só pelas três e meia começava a debandada, e, quando o grande cronómetro marcava as quatro horas, não restavam mais do que dois dos inveterados conversadores!
O aceso colóquio, invariavelmente repetido todas as noites, acabou por ser proibido e o grupo dissolveu-se. Formavam cercle, D. José Mesquitela, D. João Vilafranca, Álvaro Simões, Francisco Parreira, Teles Pinto, Rodrigo Medeiros, D. Fernando Angeja, António Raposo, Luciano Monteiro, Camilo Pessanha e outros mais.
Foi por essa altura que o largo sofreu sensível remodelação na geometria dos passeios e na iluminação. Dotaram-no com um novo candeeiro de grande envergadura e projecção iluminante, equipado com uma lâmpada eléctrica de elevada potência.

Largo do Chiado [c. 1901]
Antigo Largo das Duas Igreja ou do Loreto
Fotógrafo não identificado, in AML

Bibliografia
COSTA, Mário, O Chiado pitoresco e elegante, pp. 98-99, 1987.

3 comments:

  1. I wanted to visit and allow you to know how , very much I treasured discovering your web blog today.
    I'd personally consider it a good honor to operate at my company
    and be able to operate on the tips contributed on your site
    and also get involved in visitors' responses like this.
    Should a position associated with guest author become on offer at your end, please let me know.

    ReplyDelete
  2. Thank you so much for giving everyone an extremely special
    chance to check tips from this website. It is usually so awesome and stuffed with amusement for
    me personally and my office colleagues to search your site the equivalent of thrice every week to learn the fresh things you have.
    Not to mention, we are actually fulfilled with all
    the cool information served by you. Some 1 ideas in this article are definitely the most impressive I've ever had.

    ReplyDelete
  3. My brother suggested I might like this blog. He used to be totally right.
    This publish actually made my day. You can not consider just how a lot
    time I had spent for this info! Thank you!

    ReplyDelete

Web Analytics