quinta-feira, 12 de maio de 2016

Praça do Duque de Saldanha

«A Avenida de Fontes Pereira de Melo termina na rotunda da Praça do Duque de Saldanha, cercada de heterogéneas edificações, e a meio da qual se ergue o monumento ao Duque de Saldanha. A pedra fundamental do monumento, cuja parte escultural é de Tomás Costa e a arquitectónica de Ventura Terra, foi lançada em 1904, tendo-se inaugurado em 1909

Praça do Duque de Saldanha [c. 1909]
Antiga Praça Mouzinho de Albuquerque, antes Rotunda das Picoas;Avenida da República
Fotógrafo não identificado, in AML

A estátua, que representa o marechal de pé, com a mão direita apontando na direcção do S., assenta sobre um pedestal dórico de base quadrangular flanqueado de colunas com capitéis canelados. À frente da estátua, na base, a figura alegórica da Vitória, de bronze, nas outras faces panóplias ornamentais pendem da boca de leões, tudo de bronze.»
(in Guia de Portugal, coord. de Raul Proença, Generalidades: Lisboa e arredores, Biblioteca Nacional, imp. 1924. 1º vol., p. 434)

Praça do Duque de Saldanha [c. 1909]
Antiga Praça Mouzinho de Albuquerque, antes Rotunda das Picoas; à esq., a Avenida Casal Ribeiro; à dir., tornejando para a Avenida Fontes Pereira de Melo, o edifício de habitação conhecido por «prédio do anjo»
Joshua Benoliel, in AML

Sem comentários:

Enviar um comentário

Web Analytics