Thursday, 3 December 2015

Rua da Betesga com a Rua Augusta: Hotel Camões

No local daquele prédio de gaveto, provavelmente o antigo «Hotel Camões», viria mais tarde a surgir o edifício projectado pelo arquitecto J. C. P. Ferreira da Costa em 1909, onde se instalaria a «Camisaria Confiança» e o «Hotel Internacional» — antes Hotel Camões —, com entrada pelo nº 3 da Rua da Betesga. (v. próximo artigo)

Rua da Betesga com a Rua Augusta [Início séc. XX]
Antigo Hotel Camões depois Hotel Internacional; Venda ambulante de refrescos

Nota(s): local da foto não se encontra identificado no arquivo.
Augusto Bobone, in AML

Refere Castilho (Lisboa Antiga) que «Betesga é uma ruasinha ou beco sem saída, que faz saco, ou fundo de saco; daí deriva o verbo etnbetesgar. Esta viela é antiga, e já se encontra nos escritores do século XVI.»
«A Betesgua, como se escrevia no tempo em que também se escrevia “Postiguo” e Santiaguo”, isto é, nos séculos XV e XVI, é um dos sítios de Lisboa de mais antiga denominação de que há noticia.» (BRITO, Ruas de Lisboa, 1935

Rua da Betesga [Início séc. XX]
Junto ao antigo Hotel Camões depois Hotel Internacional; capelista ambulante

Nota(s): local da foto não se encontra identificado no arquivo.
Augusto Bobone[?], in AML

2 comments:

  1. Sim! Grande. Aquela loja de chás e cafés, parece-me que ainda lá está?

    ReplyDelete

Web Analytics