sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Rua das Damas

Sobre este arruamento com início no Largo do Contador-Mor e fim no Largo do Lóios, na Freguesia de Santiago, Norberto de Araújo, relata: «Pela sombria e evocadora Rua das damas, com seu muro e restos de jardins à esquerda, até o Largo do Contador-Mor. Foi esta artèriazinha, com seu lindo nome pação, que ajudou à conjectura de que o Paço de D. Leonor tivesse assentado no edifício da esquina dos Lóios e de S. Tiago.» (in Norberto de Araújo, Peregrinações em Lisboa, vol. II, p. 66)

Rua das Damas [1903]
Fotógrafo não identificado, in AML


Rua das Damas [1903]
Eduardo Portugal, in AML

«No Largo do Contador-Mór, n.ºs 3 e 4, está um prédio que, num aspecto já desaparecido, teria sido o Palácio dos Condes de Vimieiro, com o seu curioso passadiço sôbre o Arco da  Rua das Damas; há mais de meio século  que nele funciona uma Escola Municipal, hoje oficial [1938].» (in Norberto de Araújo, Peregrinações em Lisboa, vol. II, p. 67)

Largo do Contador-Mor [1949]
Arco da Rua das Damas
Eduardo Portugal, in AML

Sem comentários:

Enviar um comentário

Web Analytics