Friday, 2 October 2015

Cinema Lys

Inaugurado a 11 de Dezembro de 1930 com projecto datado de 1929 da autoria do eng. Machado Rodrigues. Propriedade de Abraão de Carvalho, era seu gerente Aníbal Contreiras, fundador da Lisboa Filme. Com uma capacidade de 683 lugares, caracterizou-se por uma afluência nunca antes vista, quer pela sua dimensão, quer por ser um cinema de «reprise», para onde eram levados os maiores êxitos, imediatamente após a sua estreia.
A sua abertura, ficou marcada pelo filme «Der Schwarze Domino (O Dominó Preto)», uma comédia alemã, e por um documentário nacional.

Avenida Almirante Reis, 20 [1932]Gaveto com a Rua dos Anjos
Fotógrafo não identificado, in Arquivo do jornal 'O Século'

Em 1931, Joaquim Pedro dos Santos passa a ser o seu gerente, conseguindo fazer do Lys um cinema concorrido e com um público fiel.
A 26 de Junho de 1973 e após obras de remodelação adoptou o nome «Roxy» e viu a lotação ser reduzida para 553 lugares. Esta nova fase teve a sua inauguração a 26 de Junho de 1973 com o filme «Alfredo, Alfredo», de Pietro Germi.
Ao longo dos anos, a sua programação foi decaindo, tendo encerrado as suas portas no início de Abril de 1988, com o filme «Noite Infernal». (cm-lisboa.pt)

Avenida Almirante Reis, 20 [1940]
Fotógrafo não identificado

No comments:

Post a Comment

Web Analytics