quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Praça do Comércio

«O exercito dos mendigos é enorme. Há-os recrutados em todas as edades, d'ambos os sexos, de diversas taras e deformidades. Vêem-se, mal saídos dos braços das mães, invadindo os estabelecimentos, assaltando os transeuntes, dormindo aos pares nos portaes, á chuva e ao frio; vêem-se aleijados, expondo as suas miserias n'um mostruario de feira sertaneja; onde houver um episodio festivo é contar com um esquadrão de pedintes
(MENDICIDADE, Lisboa, O Século,p. 1,21 Dez. 1911)
Praça do Comércio, [c. 1910]
Joshua Benoliel, in AML

Sem comentários:

Enviar um comentário

Web Analytics