Saturday, 22 August 2015

O Pátio (bairro) do Biaggi, às Amoreiras

Leite de Vasconcellos (1858-1941), na sua "Etnografia", fala-nos assim dos chamados bairros operários:
«Desprovidos quase sempre de qualquer tipo de instalações sanitárias e de abastecimento de águas, os pátios não dispunham de condições de salubridade mínimas, ao que acrescia a sua localização térrea, exposta assim às humidades, e à ausência de radiação solar, por se encontrarem ensombrados, muitas vezes em caves atrás de prédios.»

O Pátio (bairro) do Biaggi, às Amoreiras [ant. 1930]   
Eduardo Portugal, in AML     

Na segunda metade do século XIX os «pátios» tornaram-se uma forma dominante de habitação popular em Lisboa. Em 1905 havia 233 «pátios» em Lisboa, com um total de 2278 habitações e alojando 10487 pessoas. 
[Caeiro da Matta-Estudos Económicos e Financeiros III, Habitações Populares, Imprensa da Universidade Coimbra, 1909]

Panorâmica tirada da Mãe de Água sobre as terras do Biaggi vendo-se a abertura da futura rua Dom João V [1944]
Eduardo Portugal, in A.M.L.

No comments:

Post a Comment

Web Analytics