sábado, 27 de junho de 2015

Rua da Graça

O nome deriva do antigo Convento de Nossa Senhora da Graça, começado a construir em 1271 naquele local, então conhecido por Almofala, que era um pequeno arrabalde mourisco extramuros quando as tropas de D. Afonso Henriques aí acamparam durante o cerco de Lisboa.
A Almofala mourisca tornou-se no bairro da Graça lisboeta repetida na Rua, Largo e demais topónimos que invocam o Convento de Nossa Senhora da Graça.
 
 
Entrada do lado do Largo da Graça, 1953
Eduardo Portugal, in Arquivo Municipal de Lisboa

A carreira de eléctrico -
Nº 10/11- GRAÇA (circulação) -, foi inaugurada em Julho de 1906, ligando o Rossio à Graça, via Rua do Ouro e Sé, com retorno por Sapadores e Anjos, sendo que a carreira 11 fazia o percurso inverso, chegando ao Rossio pela Rua Augusta.
Foi suprimida em 1984, por fusão com a carreira 28-B.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Web Analytics